Cozinhando de forma prática para o bebê e família

Cozinhar para o bebê dá trabalho, principalmente porque é a fase em que menos se tem tempo. Todo o processo de introdução alimentar é complicado e requer paciência e persistência.
Com a minha primeira filha eu fiz exatamente como o pediatra me indicou. Passava o domingo todo fazendo compras e preparando a comidinha dela para a semana. Mas com o segundo filho tudo é diferente! Você precisa se planejar no pouco tempo que você tem para cozinhar (isso em meio às panelas e colheres de pau jogadas no chão) para aquilo que o seu filho de 5 anos vai comer, o que o bebê precisa e o que você e seu marido gostam… (claro que essa opção é a que a gente leva menos em consideração rs.
Depois de algum tempo a gente vai pegando o jeitinho e as coisas começam a ficar mais habituais do que a gente imagina. Não vou dar nenhuma receita aqui, mas é uma dica para aqueles dias corridas, sabe?
Eu costumo cozinhar os legumes e a proteína no feijão ou no grão que eu tiver (lentilha, grão de bico, ervilha partida…) Com isso eu ganho tempo, a filha de 5 anos come e gosta e a gente come também.
No feijão de hoje eu coloquei para cozinhar na mesma panela:
Feijão (depois do molho – sempre deixo o feijão de molho e lavo varias vezes)
Ervilhas frescas
Cenouras
Tomates sem pele
Alho-poró
Folha de louro
Proteína (peito de frango)
Depois de cozido eu ainda temperei com alho e cebolinha refogado.
Ficou TOP! bem saboroso e com muitos nutrientes.
Feijão
Às vezes eu troco, cozinho os legumes no arroz como: milho, ervilha, cenourinha ralada, etc. 
Aí é só lavar as folhas ou cortar algum legume cru e o almoço está pronto. Bom apetite!

 

Anúncios

Exuberância

A Isabella me procurou e me contou de sua vontade de ser fotografada. Eu fiquei imensamente feliz porque no momento em que a vi sabia que poderíamos juntas fazer um trabalho incrível.
Quando eu disse o que pensava em fazer, ela prontamente topou e foi maravilhoso!
O ensaio a seguir é inspirado nas Pinturas Barrocas. As fortes tendências de fundo escuro contrastando com a cor vermelha, sombra delineando o rosto e o corpo e a atitude exuberante são revelados nas imagens.
Obrigada pela confiança e por acreditar no meu trabalho Isabella.


Isa Glamour Post-1 copy Isa Glamour Post-2 copy Isa Glamour Post-3post Isa Glamour Post-4copy Isa Glamour Post-6 copy Isa Glamour Post-7 copy

Hambúrguer Vegetariano

Processed with VSCOcam with 4 preset

Gosto de cozinhar, mas às vezes é complicado no dia a dia fazer receitas mais elaboradas, especialmente saudáveis.
Aqui eu vou compartilhar apenas receitas do bem rsrsrs (se  você se interessa saber eu não tenho uma alimentação exemplar), mas compartilhar receitas saudáveis me motiva a mudar e melhorar sempre!
Esse hambúrguer ficou muito gostoso! Comi um Veggie Burger no restaurante América e fiquei apaixonada… tentei reproduzir a receita. Não ficou igual, mas ficou muito gostoso!
Aqui vai os ingredientes desse delicioso hambúrguer:
2 xícara de proteína de soja fina
4 colheres de sopa de quinoa
1 xícara de resíduo de amêndoa (que sobrou do leite feito de manhã)
1 xícara de farinha aveia
Manjericão, Alecrim, Alho, Cebola e sal à gosto
Modo de preparar:
Refogue a cebola e o alho picadinhos em uma panela com um fio de azeite. Acrescente a proteína sem hidratar. Cologue o alecrim, o manjericão e o sal e deixe refogar um pouquinho. Despeje 2 xícaras de água e deixe hidratar já com os temperos. Quando hidratar e ainda tiver um pouquinho de água, coloque aos poucos a quinoa, o resíduo de amêndoa e a aveia. Experimente para ver o sal e modele os hambúrguers com a mão (quanto menor, melhor e menos chance de quebrar). Você pode empanar com farinha integral e fritar em um fio de azeite em uma frigideira ou colocá-los no forno.
Dica: A farinha integral para empanar não absorve o azeite.